Alternativas saudáveis para o inverno: caldos e sopas

Saborosos e nutritivos, eles são opções ideais para refeições nos dias frios

Com a chegada do inverno, os dias estão cada vez mais frios e, em muitas pessoas, a sensação de fome constante é bastante comum. Essa situação ocorre como uma consequência do aumento do gasto energético para manter a nossa temperatura corporal. Junto a isso, tendemos a consumir alimentos mais calóricos e que, muitas vezes, não possuem um valor nutricional adequado para a manutenção da saúde do nosso corpo. Em contrapartida, outros são excelentes alternativas saudáveis, como os caldos e sopas, opções saborosas e nutritivas para refeições quentes.

O ideal é que os pratos de caldos e sopas sejam montados com equilíbrio, com a presença de proteínas (carnes, frangos e peixes), legumes (berinjela, alho-poró, abobrinha, cenoura, brócolis, abóbora, espinafre, beterraba e entre outros), que são ricos em fibras, vitaminas e sais minerais, como também de carboidratos como os diferentes tipos de batatas, mandiocas e massas.

Para aqueles que estão em processo de emagrecimento, adicionar alimentos termogênicos (curry, alguns tipos de pimentas, gengibre, mostarda e canela) nos caldos e sopas eleva a temperatura corporal, aumentando o metabolismo e, consequentemente, o gasto energético do corpo, ajudando nessa jornada em busca da perda de peso. Além disso, pode-se optar por opções ricas em proteínas e fibras, deixando de lado os carboidratos mais calóricos.  

Já para aqueles que não estão "economizando” nas calorias, uma forma diferenciada e que agregar muito sabor aos caldos e sopas é servi-los no pão italiano, sendo uma combinação perfeita com opções mais cremosas, como os caldos de mandioquinha com inhame e carne seca, cabotiã com ragu de costela e o caldo verde com linguiça portuguesa. Mas, não se preocupe, se você está fazendo algum tipo de dieta e quer inovar no modo de apresentação dos caldos e sopas, uma alternativa mais saudável e que não afeta tanto na contagem das calorias é servi-los em uma abóbora moranga.

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário