Importância da alimentação para a beleza da pele

Muitos esquecem, mas a ingestão de alimentos saudáveis é um dos principais fatores para uma pele bonita e sadia

Uma pele bonita, vistosa e com aparência jovem é o desejo de muitas pessoas na atualidade, principalmente das mulheres. Caminhando em conjunto com esse idealismo, temos os procedimentos estéticos, que estão ficando cada vez mais avançados e, muitas vezes, pouco acessíveis para todos os públicos.

"Você é o que você come”

Esse famoso ditado popular nunca fez mais sentido do que agora, já que o consumo de alimentos industrializados chegou a níveis extremos e a população vem tentando modificar a sua rotina alimentar. Mas, o que isso tem a ver com a saúde da pele? A resposta é: TUDO A VER. As pessoas esquecem que os alimentos não interferem apenas na saúde corporal, mas também da pele, cabelos e unhas.

"Uma alimentação balanceada contribui e muito para uma pele bonita e saudável, evita a queda e acelera o crescimento capilar, previne o envelhecimento precoce da pele e auxilia no tratamento de algumas doenças.”, conta a dermatologista Mariana Stanford.

Além disso, muitos dermocosméticos que encontramos hoje em dia possuem componentes, como colágeno, antioxidantes, vitaminas e minerais, que facilmente são encontrados nos alimentos. Dessa forma, ter uma pele bonita e saudável é muito mais simples, barato e de quebra ajuda o corpo como um todo.

A alimentação pode auxiliar no tratamento de problemas de pele:

Outro fator esquecido pela população é que alguns alimentos podem ajudar ou piorar a saúde da pele, principalmente para aqueles que já possuem uma doença. Mariana conta que pessoas com muita acne devem evitar ao máximo o consumo de alimentos com alto índice glicêmico, leite e derivados. "Por outro lado, alimentos ricos em Zinco (encontrado na carne bovina, peixes, castanhas e cereais) são fortes aliados no tratamento da acne por suas ações anti-inflamatória e seborreguladora.”, relata.

A médica ainda ressalta que alimentos com componentes que possuem ação anti-inflamatória, como o ômega 3, auxiliam bastante no tratamento de doenças inflamatórias, por exemplo, a psoríase.

A saúde do cabelo está ligada à alimentação:

A saúde dos cabelos também é um tópico muito discutido e todos os anos são lançados novos produtos que prometem cabelos mais bonitos e brilhantes, no entanto, esse objetivo pode também ser alcançado por meio da alimentação.

A Drª Stanford enfatiza que uma alimentação saudável é fundamental para o crescimento e saúde dos fios. "A falta de nutrientes é uma das causas de queda de cabelos e fios finos e quebradiços.”, complementa.

Nutrientes imprescindíveis na sua dieta:

Dessa maneira, alimentos que contém nutrientes, tais como: sais minerais (zinco, silício, selênio e ferro), vitaminas (E, D e do complexo B) e proteínas e que podem ser encontrados nos grãos, carnes, verduras, legumes e frutas são importantíssimos para a saúde da pele e dos cabelos.

Para aqueles que são apaixonados pelo chocolate, as versões com no mínimo 70% de cacau melhoram o fluxo sanguíneo e ajudam a aliviar o estresse, o que consequentemente, ajuda na saúde e beleza da pele e dos cabelos.

Hidrate-se!

A água é um elemento abundante no corpo do ser humano e precisamos dela para realizar as mais simples atividades corporais. Dessa forma, a ingestão de água é de extrema importância para a saúde do corpo. Em relação à pele e cabelos, ela ajuda na hidratação, deixando-os com o aspecto mais vistoso e saudável.

Não há uma quantidade pré-estabelecida para a ingestão de água, o volume depende de alguns fatores, como idade, peso, altura e gênero. Uma nutricionista pode te auxiliar na busca da quantidade ideal, pois se ingerido em excesso pode acarretar na perda desnecessária de nutrientes. 

Deixe seu comentário